Notícias

Negócios

Aécio Neves critica importação de etanol e diz que país "está parado".

Publicado em 22/02/2013
276 Visualizações


Imagem retirada da internet.

Nesta quarta-feira (20/02), o senador Aécio Neves (PSDB-MG), provável candidato à Presidência da República em 2014, questionou o atual governo, presidido por Dilma Rousseff (PT). Durante seu discurso, o tucano aponta 13 pontos que considera "fracassos" da gestão petista, estando entre eles, os problemas com o etanol.
O representante chamou de "o mito da autossuficiência e a implosão do etanol", fazendo referência a importação do biocombustível dos Estados Unidos. ”Todos se lembram que o PT alçou a Petrobras e as descobertas do pré-sal à posição de símbolos nacionais. Anunciou em 2006, com as mãos sujas de óleo, que éramos autossuficientes na produção de petróleo e combustíveis. Pouco tempo depois, porém, não apenas somos importadores de derivados como compramos etanol dos Estados Unidos”.
Outro ponto foi a questão industrial, que em sua visão, está parada. “O setor industrial – que tradicionalmente costuma pagar os melhores salários e induzir a inovação na cadeia produtiva – praticamente não tem gerado empregos. Agora começa a desempregar, como mostrou o IBGE. Estamos voltando à era JK, quando éramos meros exportadores de commodities”, destacou.
Por fim, em um simples definição do país, Aécio foi enfático. ““O Brasil está estagnado. O Brasil está parado”.
 
André Ricci.

Fonte: Site JornalCana.